MARIANA AYDAR

30 de março de 2017 19:00 - 23:00

Mariana Aydar sempre se apresentou em três formatos: com sua banda, somente com violão e sua voz ou com zabumba e sanfona. Esses shows acontecem desde que ela começou a carreira.

Em 2006 lançou seu primeiro disco “Kavita 1”, produzido por Bid e Duani. A música “Deixa o verão”, entrou para trilha sonora de Malhação, na Rede Globo.

Tendo o forró como sua maior influência, seu som é sofisticado e contemporâneo, possui raízes na Música Popular Brasileira. O samba também é um ritmo importante no seu caminho e teve a benção de todos os grandes sambistas, começando pela madrinha Leci Brandão e passando por Alcione, Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho.

Elogiada pelo talento de interpretar e revisitar músicas de grande sucesso, Mariana ganhou o Prêmio da Revista Veja de “Melhor Cantora” em 2007. Nesse ano também concorreu ao Prêmio MTV de “Melhor Sambista”.

Em 2009 lançou o segundo disco “Peixes Pássaros Pessoas” produzido por Kassin e Duani com,br 13 músicas inéditas de compositores de sua geração e a estreia de Mariana como compositora.

Considerada um elo entre o novo e a tradição, em 2011 lançou o terceiro disco “Cavaleiro Selvagem Aqui Te Sigo”, com produção do maestro Letieres Leite (Orquestra Rumpilezz) e seu fiel parceiro Duani. Sem medo, fez um disco mais experimental e ousado com forte influência afro brasileira e nordestina, voltando as origens forrozeiras e como Mariana compositora mais atuante. Rodou todo o Brasil com esse show e participou nesse ano do Rock in Rio.

Em 2014 também dirigiu, com Joaquim Castro e Dudu Nazarian, um documentário sobre o músico Dominguinhos. O doc concorreu como melhor documentário em grandes festivais como o de “Bacifi”, na Argentina, “É tudo Verdade”, no Brasil e “54th Krakow Film Festival”, na Croácia. Conseguiu espalhar a cultura e a música mundial, de um de seus maiores mestres.

Em agosto de 2015, lançou o quarto disco “Pedaço Duma Asa”, em parceria com o artista plástico Nuno Ramos. O álbum nasceu depois de uma trajetória que amplia o que se entende por parceria e composição.

Mariana Aydar se sobressai no palco. Definitivamente é uma artista de palco, visceral, onde se expõe e se sente plena. Hoje com 10 anos de carreira, depois do nascimento de sua primeira filha Brisa, se sente inspirada e feliz rumo ao quinto disco.

SERVIÇO

Data: 30/03/2017 – Quinta-feira
Local: Teatro Rival Petrobras
Endereço: Rua Álvaro Alvim, 33/37
Horário: 20h
Abertura dos portões: 19h
Classificação etária: 18 anos. Menores de idade não entram acompanhados de pais ou responsáveis.

INGRESSOS

Pista: R$ 60,00 (inteira) R$ 30,00 (meia-entrada estudante, idoso, cadeirante e funcionário Petrobras)
Platéia B: R$ 50,00 (inteira) R$ 25,00 (meia)
Lounge: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia)
Mezanino: R$ 50,00 (inteira) R$ 25,00 (meia)

BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Bilheteria do Teatro Rival
Rua Álvaro Alvim, 33/37
Terça a sexta-feira das 12h às 22h
Sábado das 16h às 22h

Venda e retirada

ou

www.eventim.com.br