17/10 ~ Bossa do Samba canta Nelson Rufino

Participação especial – Nelson Rufino

BOSSA DO SAMBA CANTA NELSON RUFINO

É o título, autoexplicativo, do novo projeto apresentado pelo grupo.
Em tom de homenagem, o trabalho consiste em disco e show, que traz no repertório, exclusivamente, composições de Nelson Rufino, seja como autor ou coautor.

A admiração do grupo ao grande compositor alcança tanto às suas obras musicais como à personalidade do mesmo, visto que o destino proporcionou surgir uma relação de amizade e intimidade entre as partes, o que justifica, de forma direta, a realização deste projeto.
Escolher as músicas gravadas foi algo prazeroso e difícil, pois, decidir 15 faixas diante de tantas canções maravilhosas, misturou a contemplação da pesquisa de uma belo acervo com a dura missão de preterir as que não fazem parte da seleção do disco.

Alguns “clássicos” não poderiam estar ausentes, como Verdade e Vazio, dois sucessos emblemáticos; inclusas, também, Colcha de algodão, O dono da dor e Se tivesse dó, fato é que esta homenagem traz consigo a responsabilidade e o desfio, em se tratando de regravações, de serem novos registros com autenticidade e encantamento.

Vale destacar que esse disco, terceiro na carreira do grupo, possui uma música inédita, na qual, o homenageado assina parceria juntamente com Isaias Costa e Carlinhos Rufino, integrantes do grupo.

A participação de Juninho Tybhau, Renato Milagres, Grazzi Brasil,Tais Macedo, Dorina e Juliana Pagung incrementam algumas faixas do disco, além da especial presença do próprio Nelson Rufino, com sua interpretação peculiar na música “Hoje sei que te amo”.

De certa forma, esse projeto é um registro oficial de uma parceria artística que já acontece, pois o Bossa do samba tem a honra de acompanhar Nelson Rufino, no palco, em diversas oportunidades; na esfera íntima, é uma registro de amizade e admiração; para o público, é a oportunidade de curtir a resultante disso tudo, ao som da musicalidade do grupo em sintonia com as lindas canções de um grande compositor brasileiro.


Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 17 de outubro (Quinta-feira). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$ 50,00 (Inteira), R$ 25,00 (Meia). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/TeatroRival_Ingressos2GIaEKp  Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 21h Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo