15/03 ~ Verônica Sabino & Luiz Filipe no Show “Meu LaiaRaiá”

Martinho da Vila é referência no samba e na música nacional. Exemplo para todas as gerações de cantores, ele trilha a consagrado como grande estrela da música brasileira. E para comemorar os 80 anos do artista, a cantora Verônica Sabino se une ao produtor musical Luis Filipe de Lima para celebrar a obra deste artista que tão bem traduz o cotidiano. O título do show foi batizado com o nome do segundo álbum solo de Martinho, lançado em 1970, Meu laiá raiá. A apresentação terá a participação especial de Zeca Baleiro e acontecerá no dia 15 de março, sexta, às 19h30, no Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia.

Embora internacionalmente conhecido como sambista, Martinho da Vila é um compositor eclético e legítimo representante da MPB, tendo escrito para variados ritmos como, ciranda, frevo, samba de roda, capoeira, bossa nova, calango, samba-enredo, toada e sambas africanos. Em sua vasta obra musical são abordadas as vertentes do universo do samba exaltação, da negritude, da lusofonia, do cronista de costumes e da temática amorosa.

É essa versatilidade que a intérprete carioca Verônica Sabino vai cantar. Verônica ganhou projeção nacional com sua carreira solo em 1985. Agora, prestes a celebrar 40 anos de carreira ela brinda os fãs com grandes canções. O percussionista Marcos Suzano é convidado do projeto. A banda ainda conta com Patrick Angelo no violão de 7 e com o percussionista e mestre de bateria da Vila Isabel Macaco Branco.

Juntos, Luis Filipe de Lima e Verônica Sabino, passam em revista a vasta obra de Martinho da Vila, num espetáculo contemporâneo. Para isso, recontextualizaram o repertório – “Disritmia”, “Devagar Devagarinho”, “Canta, canta minha gente” – através de uma ambiência musical onde a sonoridade dos arranjos e da interpretação poético/melódica estabelece conversa entre tradição e modernidade. A poesia das canções com seus caminhos melódicos e harmônicos ganham nova dimensão em novos arranjos e interpretações.

O resultado revela-se em leitura inédita e pessoal onde se reverencia o que é próprio do samba castiço de raiz com a cena musical contemporânea. Neste novo olhar, a obra musical de Martinho da Vila ganha contexto original, mantendo referencias e belezas. Com isso amplia-se seu espectro de abrangência em um roteiro de pura ginga, puro Brasil.


Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 15 de março (Sexta-feira) Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$ 70,00 (Inteira), R$ 50,00 (Promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 35,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/TeatroRival_Ingressos2GIaEKp  Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo.